top of page
  • comunicacao6949

Curso do OVP promove reflexão sobre violência do Estado

Esquerda para direita: Vera, João, Rafael


Entre os dias 17 e 21 setembro o OVP – Observatório da Violência Policial e Direitos Humanos da PUC/SP, com o apoio do CDHEP – Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo, realizou uma formação em Direitos Humanos com objetivo de capacitar defensores e defensoras para qualificação de denúncias e identificação de padrões de violência.

O curso, realizado na PUC SP, mostra alguns pontos da dura realidade brasileira na questão da violência. Através da criação de um banco de dados, que contém informações qualificadas sobre os abusos da legalidade e de graves violações aos Direitos Humanos no Brasil é possível identificar os abusos cometidos por agentes do Estado.

Para Gustavo Antônio, articulador e educador do programa Justiça Restaurativa do CDHEP e um dos facilitadores do curso “segundo a Constituição, no capitulo V – sobre Direitos Fundamentais, ninguém deve ser submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante, mas na prática, infelizmente, a própria força de segurança estatal produz atos desse tipo”.

Essa formação, que é destinada a militantes e integrantes de movimentos sociais, tem como missão tornar os participantes capazes de atuarem como defensores populares e multiplicadores junto aos coletivos e grupos organizados nas comunidades vulneráveis, contribuindo para a ampliação das redes de defesa dos diretos humanos.

O curso foi dividido em dez subtemas ligados a violência, entre eles a prática da tortura e a violência no sistema penitenciário, entre outras.

0 visualização0 comentário

Comments


Receba novidades por email

Obrigado pelo envio!

logo-home.png
bottom of page