top of page
  • comunicacao6949

NOTA PÚBLICA: Vidas importam!

NOTA PÚBLICA

Quantos mais? Vidas importam!


O CDHEP – Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo vem a público manifestar-se sobre o assassinato da militante de Direitos Humanos, Marielle Franco, na noite da última quarta-feira, 14 de março, na região central do Rio de Janeiro.

A mulher negra, “cria” da Maré, mãe, militante, socióloga, mestra em administração pública e vereadora do PSOL, presidia a Comissão da Mulher na Câmara e, no mês passado, foi nomeada relatora da comissão que acompanha a intervenção federal no Rio.

Marielle era a representante dos favelados dentro do poder legislativo –  fazia política para garantir o direito à vida, lutava em defesa dos direitos das mulheres negras e contra o genocídio dos jovens  das favelas e periferias.  Não se calava diante da violência policial!

O CDHEP exige que o processo instaurado pela Presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, que prevê a análise do deslocamento de competência para federalização da persecução penal, seja concluído com máxima prioridade. Que a Polícia Federal, com fundamento na Lei n. 10.446 e no artigo 144-§1º-I da Constituição, atue na investigação e apuração do crime contra a ordem política. O CDHEP propõe que as vítimas deste crime, os familiares, a comunidade da Maré e outras possam ser atendidas nos termos da Justiça Restaurativa que repara o justo e instaura os direitos.

Aos familiares e amigos de luta de Marielle, desejamos coragem e força para continuar lutando. Todos nós somos Marielle! #MariellePresente

1 visualização0 comentário

Comments


Receba novidades por email

Obrigado pelo envio!

logo-home.png
bottom of page